quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Não é do dia pra noite, nem de amor em amor. É de realização em realização.

Tenho lembrado bastante do meu passado, e isso significa, uma referência à você. Lembranças sobre o que fomos quase não me visitavam. Mas fui visitar, esta noite, certo alguém. Lembrei-me de você e sinto apenas um gostinho de saudade, poderíamos ter dado mais certo, ou acabado mais cedo. Preferimos não arriscar tudo que tínhamos, e se é que ainda tinha alguma coisa para se preservar. Guardamos o sentimento, guardei o sentimento.

Deixei-o estacionado em algum momento velho da minha jovem jornada. Talvez um dia eu ache as chaves e me arrisque com alguma manobra. Eu esqueci porque um dia te amei, esqueci o som da minha voz ao seu lado, esqueci o seu sorriso, pouco me lembro do seu olhar. Engraçado, mas você fez parte de mim. Hoje somos diferentes, mas lá atrás nós fomos muito iguais, convictos de um final feliz. Novas vontades, novas experiências, mas vai entender porque atitudes passadas se tornaram únicas, pelo simples fato de ser você...

Contarei para os meus netos de você. Vou dizer que amei e odiei, que ri e chorei, que desejei e dispensei. Vou me pegar em várias contradições, tentando sempre achar as tais, justificações. Um dia, quem sabe, eu te veja pela rua e tente conversar contigo. Desculpa se eu deixei você passar, se deixei de te amar, mas saiba que sempre te admirei. Não me arrependo de nada, vendo por outro lado, seremos sempre assim, água e fogo, cão e gato, Vasco e Flamengo. Talvez tenhamos ficado pela metade. Talvez não...

2 comentários:

Thainara Oliveira disse...

Nossa, parece que você entrou na minha situação, na minha realidade e escreveu isso. Menos o flamengo e vasco, porque né... (Brincadeira)
Me fez chorar e refletir. Belas palavras Vini, eu me esqueci como seus textos eram lindos *-*

Beijos seu vascaíno! ;*

Rodrigo disse...

Excelente texto, me fez voltar ao passado, pena que esse passado não traga boas recordações, mas de qualquer maneira, o texto é excelente e vale a pena ser lido.