quarta-feira, 1 de julho de 2009

Um poema cruzmaltino

E viva, viva o Vasco: o sofrimento

há de fugir, se o ataque lavra um tento.

Time, torcida, em coro, neste instante,

Vamos gritar: Casaca! ao Almirante.

E deixemos de briga, minha gente.

O pé tome a palavra: bola em frente.

(Carlos Drummond de Andrade)


Em tempos de sofrimento, a esperança é a última que morre! Pra frente VASCO, volte ao seu verdadeiro lugar e, por favor, não saia NUNCA mais de lá!

5 comentários:

Rafaela Kley disse...

Obrigadão pelo comentário.
que bom que gostaste do meu post!
hehehehe
bah, falando em futebol...
heuheuheuhe
dias melhores virão, certamente o Inter ainda vai dar MUITO trabalho.

E falando de vasco, é um dos times que eu simpatizo, e olha que isso é RAROO!
hehehe!

Diego Louzada disse...

Cara, nem pense na hipótese de Série C. A qualidade do elenco e nem mesmo o desempenho tem sido para causar essa preocupação.
Com alguns ajustes voltaremos a vencer, mas isso precisa ser para já, sob pena de agravar a crise e nos perdermos nesse caminho da Série B.

Sds!

Aleatóriamente colorido disse...

Ecaa, poema cruzmaltino?!
kakkaakka

E quanto ao lugar do vasco... ele está no seu devido lugar!!

" UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO..."

I'm flamenguista baby!!

cau disse...

nao adianta, sou corinthiana e nao abro mao!
sausahusauhsauhsauhsauhsa

beijoo

Fábio Flora disse...

O sentimente não pode parar jamais! Saudações cruzmaltinas e sucesso com o blog!